Ocorreu um erro neste dispositivo

Translate

Follow by Email

29 dezembro, 2006

“Encantador de sonhos”


Letria, J. (2004). Versos para os Pais lerem aos Filhos em Noites de Luar. (2ª edição). Porto: Âmbar.
ISBN: 972-43-0627-5

José Jorge Letria, o mais premiado escritor português da actualidade e André Letria, um dos grandes ilustradores infantis com mais de 30 livros ilustrados, reúnem-se para ensinar aos pais o modo de adormecerem os filhos, proporcionando-lhes um soninho descansado e recheado de sonhos bons.
Este interessante livro é constituído por vinte e sete poemas que apelam ao gosto pela leitura, escrita e “conversam” com o leitor sobre a beleza das palavras. É a obra que fala dos sentimentos, como se o livro fosse o lugar onde se guarda “o tesouro dos afectos”. Em cada verso há uma mensagem que deve ser descoberta, concedendo, por isso, ao leitor um papel activo na leitura da obra.
Portadora de carga fortemente afectiva, esta obra traduz-se numa viagem pelo sonho e pelo imaginário infantil repleto de seres mágicos e misteriosos que zelam pelo sono da criança “ Dorme, menina, dorme/ No meu colo descansada/ Que a noite já vai alta/ Com mil estrelas enfeitada./ Dorme, menino, dorme/ E deixa-me o teu feitiço/ Para os diabos do sono/ De vez levarem sumiço.” (Letria, 2004)
Numa leitura cativante, a sonoridade e a dinâmica das palavras, que parecem ser contadas como se de uma canção de embalar se tratasse, guiam a criança pela noite até ao mundo dos sonhos, através da sua sensibilidade.
Esta tão fascinante obra deve ser lida por todos os que amam a leitura e a escrita. “Estes versos que ensaias/ O gosto que tens de ler/ São os troncos em flor/ Da alegria de aprender./ A leitura é uma escada/ Feita à tua medida:/ Cada palavra sonhada / Cada palavra aprendida/ Será parente chegada/ Da secreta melodia/ Que na boca de quem lê/ Tem nome de Poesia.” (Letria, 2004)
Versos para os pais lerem aos filhos em noites de luar, é, pois, uma obra muito singular que procura partilhar com as crianças o gosto pela leitura, principalmente o prazer pela Poesia. Assim, o autor fala-nos de ternura, afectos, gosto pelas palavras e a importância de nunca deixar de sonhar seja em que idade for. Mas acima de tudo este é “Um livro em que Poesia é vivida como um acto de amor entre quem lê e quem ouve” (Letria, 2004).


Andreia Fernandes

Sem comentários: