Ocorreu um erro neste dispositivo

Translate

Follow by Email

27 dezembro, 2006

“A pobre Rena Rodolfa”

O Pai Natal Preguiçoso e a Rena Rodolfa
Ana Saldanha (autora)
Alain Cordel (ilustradora)
1º Edição, Caminho, Outubro de 2004
ISBN: 972-21-1653-3




É a última obra editada pela autora Ana Saldanha, nascida no Porto, onde se licenciou em Línguas e Literatura Moderna (Português e Inglês). Anos depois doutorou-se na Universidade de Glasgow com uma tese sobre Rudyard Kipling e a sua obra infantil. É conhecida como sendo das melhores escritoras portuguesas para jovens. O ilustrador desta obra, Alain Corbel, nasceu na Bretanha (França) e reside desde há alguns anos em Portugal.
Esta nova narrativa retrata a vida agitada do Pai Natal e da sua inseparável amiga, a rena Rodolfa, nos últimos vinte e quatro dias antes do Natal. “ Faltam vinte e quatro dias para o Natal.” (Saldanha, 2004:s/p). Ao longo do conto ficamos a conhecer uma nova faceta do surpreendente Pai Natal. Este é caracterizado como sendo um homem preguiçoso e descontraído; o que o salva é poder contar com a sua amiga, a Rena Rodolfa, que trata de todos os preparativos até ao último pormenor. “Nem quatro dias! Três e meio. E o Pai Natal, em vez de ler as cartas e apartar os presentes, põe-se a ver televisão e a jogar no computador e a dormir sonecas.” (Saldanha, 2004:s/p).
Além de sublinhar os aspectos mais importantes do texto, é também de salientar o trabalho do ilustrador, já que cada imagem corresponde pormenorizadamente ao texto retratado.
Trata-se de uma obra que parece possuir como destinatários preferenciais não só a criança, mas também o mediador adulto, uma vez que este é frequentemente o adjuvante principal na relação da criança com o livro. Deste modo, a criança pode entrar no Mundo do Pai Natal e em todo o seu encanto.

Sem comentários: