Ocorreu um erro neste dispositivo

Translate

Follow by Email

05 janeiro, 2007

A amizade acontece por acaso


Mota, António (2004). As andanças do senhor Fortes – N.º8. Colec. «Obras de António Mota». Ilustrações Teresa Lima. V. N. de Gaia: Gailivro

ISBN: 989-557-146-1.
Livro recomendado pelo Plano Nacional de Leitura (4.º ano).


António Mota nasceu em Vilarelho, Ovil, concelho de Baião, distrito do Porto em 1957. É professor do Ensino Básico desde 1975. Em 1979 publicou o seu primeiro livro: A Aldeia das Flores. É considerado um dos mais importantes autores portugueses da literatura infanto-juvenil. Ao longo da sua vida já escreveu mais de cinquenta obras, algumas delas galardoadas com alguns prémios literários a destacar o Prémio da Associação Portuguesa de Escritores em 1983 com O Rapaz de Louredo, em 1990 o Prémio Calouste Gulbenkian de Literatura Infantil com Pedro Alecrim, em 1996 recebeu o prémio António Botto, com A Casa das Bengalas e mais recentemente foi presenteado com o Grande Prémio Calouste Gulbenkian de Literatura Infantil, modalidade ilustração, com Se eu fosse muito magrinho em 2004.
Teresa Lima nasceu em Lisboa no ano de 1962 e iniciou a sua actividade como ilustradora em 1990. Em 1998 ganhou o Prémio Nacional de Ilustração pelo conjunto de ilustrações de uma versão de Alice no País das Maravilhas de Lewis Caroll.
Publicada recentemente, esta obra retrata a história do senhor Fortes, um comerciante que transporta consigo uma mala cheia de coisas finas e delicadas que pretende vender nas ruas da sua cidade. No entanto, farto da correria da cidade e do mau negócio, decide partir para a província. Com a mala na mão, apanha uma camioneta que o leva até à aldeia de Loivos, onde encontra o pastor Arnaldo e a sua inseparável amiga, a cabra Ricardina.
Entre os três nasce uma verdadeira amizade que os leva a uma fantástica aventura.
Esta obra, além de retratar bastante bem as diferenças entre dois universos distintos, o campo e a cidade, enaltece o valor da amizade, aqui demonstrado pela relação existente entre o senhor Fortes, o pastor Arnaldo e a cabra Ricardina. É em prol dessa amizade que o pastor Arnaldo e a cabra Ricardina partem com o protagonista. “Gosto de Loivos, do meu rebanho. Mas também não te quero perder. Nem me posso lembrar que te vais embora e eu volto a ficar sozinho”.
Esta é uma obra de leitura fácil, com uma linguagem bastante acessível, capaz de agradar qualitativamente quer à criança quer ao adulto.

Ana Andrade e Susana Mota

Sem comentários: