Ocorreu um erro neste dispositivo

Translate

Follow by Email

06 janeiro, 2007

E se os sonhos tivessem sentimentos


Mimoso, Anabela (2002), Um Sonho à Procura de Uma Bailarina

Ilustrações João Caetano. Porto: Editora Âmbar 2002

ISBN: 972-43-0594-5

Idade recomendada 7 anos

O que acontece aos sonhos quando são abandonados é o que Anabela Mimoso nos conta neste original livro com ilustrações de João Caetano.

Anabela Mimoso é licenciada em História e doutorada em Cultura Portuguesa pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto. Actualmente, faz parte dos corpos directivos da Associação de Escritores de Gaia e é presidente do Clube Queirosiano.

Como escritora de literatura infantil escreveu entre outros: Era um Azul tão Verde, Quando Matam os Sonhos e Dona Bruxa Gorducha, distinguido em 1996 pela revista Whiteravens.

João Caetano é natural de Moçambique e tem o curso de pintura da Escola de Belas Artes do Porto. Desenvolve profissionalmente a actividade de ilustrador de manuais escolares e fez a ilustração de vários livros de literatura infanto-juvenil. Em 2001 recebeu o Prémio Nacional de Ilustração com o livro a A Maior Flor do Mundo, de José Saramago.

Introduzindo-nos no mundo dos sonhos, o livro de Anabela Mimoso apresenta-nos a história de um insólito encontro de uma escritora, à procura de inspiração, com um sonho.

Este era um sonho que uma menina tinha tido de vir a ser bailarina. Mas, quando esta entra para o colégio, esquece-o, colocando o tutu dentro de um baú. O sonho fica assim aprisionado até ao dia em que alguém abre o baú e o sonho foge e passa a visitar os sonhos das meninas à procura de uma em que pudesse viver.

É um livro cheio de magia que nos transporta para o imaginário dos sonhos, fazendo-nos relembrar os nossos sonhos perdidos e interrogar-nos acerca do que foi feito deles. Para as crianças é um livro muito interessante porque as transporta para o mundo do maravilhoso onde tudo parece ser possível.

A escrita de Anabela Mimoso está repleta de encanto, sendo capaz de prender o leitor na sua imaginativa história. A escrita consegue transmitir-nos a imagem de uma noite onde, apesar das actividades mundanas, aqueles que conseguem sonhar são capazes de ter encontros com ser fantasiosos, embalando-nos e conduzindo-os para o mundo do maravilhoso.

Este texto está acompanhado de belíssimas ilustrações de João Caetano que, em larga medida, reforçam a informação partilhada pelo texto escrito. A noite, espaço temporal onde os sonhos podem viver, está também muito bem recriada nas suas ilustrações, cheias de movimento e simbolismo.

Em conjunto, ilustrações e texto criam no leitor a imagem de um mundo maravilhoso onde os sonhos parecem poder ganhar vida.

É um livro cuja leitura se recomenda vivamente pela sua capacidade de cativar o leitor e o prender à história.

Sem comentários: