Ocorreu um erro neste dispositivo

Translate

Follow by Email

03 janeiro, 2007

Poemas Para a Infância


Gomes, José António (coordenação) (2000).
Conto estrelas em ti. Ilustrações de João Caetano. Porto: Campo das Letras.
ISBN 972-610-337-1

Conto estrelas em ti é uma antologia, coordenada por José António Gomes com ilustrações de João Caetano, na qual 17 poetas escrevem para a infância. Este livro pertence à colecção “Palmo e Meio” da editora Campo de Letras.

José António Gomes, autor de várias antologias para a infância e juventude, é professor do Ensino Superior e é membro da Associação Portuguesa de Críticos Literários, fundou e dirige a revista Malasartes – Cadernos de Literatura para a Infância e a Juventude.

João Caetano nasceu em 1962 em Moçambique, tem o curso de Pintura da Escola Superior de Belas Artes do Porto, iniciou a sua actividade ligado à Banda Desenhada e ilustrou vários títulos na área do livro infanto-juvenil em Portugal e Espanha. Foi distinguido com Menções Especiais do Premio Nacional de Ilustração em 1998 com Os mais belos contos tradicionais de Margarida Müller, inclusive com Conto estrelas em ti em 2000, recebeu ainda uma Menção Especial do Concurso “Scarpett d’oro” em Itália e em 2001 com A maior flor do mundo de José Saramago ganhou o Prémio Nacional de Ilustração.

Os autores, Albano Martins, Álvaro Magalhães, Ana Saldanha, António Mota, António Torrado, Fernando Miguel Bernardes, Francisco Duarte Mangas, João Pedro Mésseder, Luísa Dacosta, Luísa Ducla Soares, Maria Alberta Meneres, Mário Castrim, Papiniano Carlos, Raul Malaquias Marques, Teresa Guedes, Vergílio Alberto Viera e Violeta Figueiredo, escrevem, cada um, um número variável de poemas, cada qual com o seu estilo, tal como se pode ler na contracapa numa breve observação “Conto estrelas em ti, dezassete vozes, dezassete modos de escrever poesia para crianças e jovens”

Esta obra, embora esteja incluída no Plano Nacional de Leitura de 2006 como livro recomendado ao 2º ano de escolaridade para leitura em voz alta orientada em sala de aula, destina-se não só a crianças mas também a jovens, como se constata na pequena mensagem, escrita por José António Gomes, dirigida ao leitor: “uma colectânea de poemas para a infância e a juventude”.

Os vários poemas incidem não só em temas relacionados com o mundo animal e a natureza, muito presentes na imaginação das crianças, mas também em temas onde a fantasia e o sonho estão manifestamente mais evidentes, como no caso dos poemas: Sereia (Mário Castrim); Guarda-roupa de nuvens (António Torrado); Mariana diz que tem…(Luísa Ducla Soares), e ainda temas que apontam para uma certa reflexão acerca da linguagem, entre outros evidenciam-se O limpa – palavras (Álvaro Magalhães); Diálogo (Albano Martins).

Esta colectânea permite às crianças o contacto com um modelo literário não tão habitual nesta faixa etária, a poesia.

As ilustrações de João Caetano não são meras representações do texto verbal, mas antes um complemento a este, que permite ao leitor interagir activa e criticamente, sugerindo novas histórias e leituras, reflectir sobre a própria estética do texto, tendo assim a oportunidade de imaginar e recriar para além do texto verbal.

O texto verbal oferece uma certa resistência ao leitor, o que o faz pensar e interpretar, tendo que ir em busca dos sentidos do texto, deixando de ser apenas contemplador para passar a ser mais activo. Os estímulos sonoros e jogos de palavras presentes nos variados poemas cedem ao receptor a possibilidade de desenvolver um lado criativo que lhe permite sonhar em volta de toda esta liberdade.

Conto estrelas em ti “fala à nossa sensibilidade, apela aos nossos sentidos e faz-nos admirar a beleza e maleabilidade da língua portuguesa, em que os seus versos são escritos.” (José António Gomes).


Sem comentários: