Ocorreu um erro neste dispositivo

Translate

Follow by Email

03 janeiro, 2007

Uma viagem ao nosso imaginário


LETRIA, José Jorge (2003): “Versos para os Pais lerem aos Filhos em Noites de Luar”,ilustrações de André Letria, Porto: Âmbar, ISBN: 972-43-0627-5


“Versos para os Pais lerem aos Filhos em Noites de Luar” é um álbum de José Jorge Letria, com ilustração de André Letria, destinado a crianças a partir de 6 anos.

José Jorge Letria nasceu em Cascais, a 8 de Junho de 1951. Como escritor distingue-se na poesia, no conto, no teatro e, sobretudo na literatura para a infância e juventude. É também conhecido como jornalista e politico dedicado à cultura, professor e dirigente associativo. Cursou Direito, História e História de Arte na Universidade de Lisboa e é pós-graduado em Jornalismo Internacional.

Esta é uma obra que nos remete para um mundo de sonho, para o mundo maravilhoso, apelando para o sono “Dorme, menina, dorme”. É um livro que preconiza o estabelecimento de uma relação mais intima e mais familiar, na hora do sono e do sonho, entre os pais e os filhos. O próprio título do livro remete para esta necessidade de se começar a fomentar o gosto pela leitura ás crianças.

As ilustrações deste livro são de uma qualidade muito elevada existindo assim uma grande relação texto icónico/texto verbal. Tal como o texto verbal, o texto icónico, de grande sensibilidade, leva-nos a um mundo cheio de seres do nosso imaginário e do maravilhoso, tais como, fadas, unicórnios, duendes, bruxas, feiticeiras, dragões, seres de outros planetas e piratas e a outros lugares, como Tóquio, “…seja em Lisboa ou em Tóquio…”

Este é um livro que nos apela aos nossos conhecimentos literários de outras obras, que há luz da nossa comunidade interpretativa representam as obras clássicas, como é o caso do “Pinóquio”, “…pelo nariz do Pinóquio…” e como a “Alice no Pais da Maravilhas”, “…e vai pela mão de Alice/ ao Pais das Maravilhas…”.

É de facto um livro que deve ser lido aos filhos pelos pais, pois é um livro carregado de afectividade, sentimentos e amor que transmite paz e harmonia pelas suas ilustrações, cores utilizadas e as suas palavras poéticas e breves que nos lembram as canções de embalar os bebés.


Sem comentários: