Translate

Follow by Email

04 outubro, 2006

Concerto "Noite de Património de um País de Milénios"

Concerto "Noite de Património de um País de Milénios"
Centro Cultural de Vila-Flor
Guimarães 8 de Outubro, 21h30

O Instituto Confúcio da Universidade do Minho promove, no próximo dia 8 de Outubro (Domingo), no Palácio Vila-Flor, em Guimarães, a "Noite de Património de um País de Milénios" – música erudita chinesa, acompanhada por dança clássica. O concerto, que terá início pelas 21h30, contará com a actuação de um grupo de músicos e dançarinas do Conservatório da Música de Tianjin, a terceira cidade da China, e local onde a Universidade do Minho tem relações de intercâmbio com diversas universidades.
As peças de música serão interpretadas em vários instrumentos antigos: ocarina, flauta de bambu, pipa, sendo o Qin o instrumento principal do concerto.
A 18 de Maio de 2001, juntamente com a Ópera de Kunqu, a arte do instrumento Qin (cítara antiga) foi classificada como "a Masterpiece of the Oral and Intangible Heritage of Humanity" pela UNESCO. O concerto "Noite de Património de um País de Milénios" servirá para apresentar ao público português a beleza delicada deste antigo instrumento, tocado por Confúcio. A cidade de Guimarães, nomeada Património da Humanidade no mesmo ano, é o local ideal para hospedar este evento cultural. O concerto é gratuito e tem o apoio da Câmara Municipal de Guimarães e da Reitoria da Universidade do Minho. Os bilhetes para a entrada podem ser levantados no Centro Cultural de Vila Flor, em Guimarães, e no Instituto Confúcio, no Campus de Gualtar da Universidade, em Braga.
Os músicos
Flauta vertical e horizontal, ocarina: Doutor Wang Jianxin, Professor Catedrático e Vice-Director do Conselho Académico do Conservatório da Música de Tianjin. Tem publicado numerosos ensaios sobre a música antiga chinesa.
Qin e Pipa: Li Fengyun, Professora Associada do Conservatório da Música de Tianjin. Realizou vários consertos individuais em países como o Japão, Singapura, Malásia, Rússia, Polónia e Estados Unidos.
Informação recebida via

Sem comentários: