Ocorreu um erro neste dispositivo

Translate

Follow by Email

08 janeiro, 2007

Eragon



PAOLINI, Cristopher (2004). Eragon. Vila Nova de Gaia: Edições Gailivro.

Ao escrever e publicar o primeiro livro da Trilogia da Herança, Eragon, Cristopher Paolini estava longe de imaginar, que este se iria tornar num best-seller ao nível mundial. Eragon seduziu e continua a fascinar pequenos e graúdos através da sua viagem em busca da identidade como Cavaleiro do Dragão, da sua coragem e pela doce amizade que mantém com o dragão Saphira.
Quando Eragon encontra uma pedra azul polida na floresta, acredita que poderá ser uma descoberta bendita para um simples rapaz do campo: talvez sirva para comprar carne para manter a família durante o Inverno. Mas quando descobre que a pedra transporta uma cria de dragão, Eragon depressa se apercebe de que está perante um legado tão antigo como o próprio Império. De um dia para o outro, a sua vida muda radicalmente, e ele é atirado para um perigoso mundo novo de destino, de magia e de poder. Empunhando apenas uma espada legendária e levando os conselhos dum velho contador de histórias como guia, Eragon e o jovem dragão Saphira terão de se aventurar por terras perigosas e enfrentar inimigos obscuros, dum Império governado por um rei cuja maldade não conhece fronteiras. Conseguirá Eragon alcançar a glória dos lendários heróis da Ordem dos Cavaleiros do Dragão? O destino do Império pode estar nas suas mãos...
Esta brilhante narrativa de aventura e romance, assumidamente influenciada pela saga O Senhor dos Anéis de J.R.R Tolkien, envolve o leitor no mundo mágico dos dragões, elfos, anões, reis, batalhas, espectros e, naturalmente, os humanos. A obra encanta pela sua estrutura e história pois, esta, contém a essência e a vivacidade necessárias para levar o leitor a embrenhar-se na leitura das venturas e desventuras da jovem personagem querendo virar sempre “só mais uma página”. O livro em si está adequado tanto para leitores mais jovens, como para os mais crescidos, pois a história atrai pela simplicidade com que flúi e se desenrola, mostrando ao receptor não só a viagem do personagem, mas também conteúdos sobre a Algalesia, ou seja, a terra de Eragon, sua história desde a fundação, suas cidades e leis, o nascimento dos Cavaleiros do Dragão e as guerras entre as várias raças.
É, sem dúvida alguma, um épico da literatura fantástica que mistura elementos mágicos com o real numa teia intrincada. A estrutura narrativa, o rigor da descrição, a dimensão humana dos seres imaginários, que potencia a identificação do leitor com os heróis e, desejavelmente, a qualidade poética aliada a uma capacidade imaginativa imensa, tudo isto contribui para tornar o fantástico verosímil. Nas crianças esta obra poderá despertar o gosto pela leitura através do fantástico e da magia, aliada a um enredo apelativo que sem dúvida fará as delícias dos mais novos, sendo que possuí uma vertente que exalta os valores da amizade, do amor, da bondade, da honestidade e acima de tudo da justiça.


Ângela Gonçalves
Cátia Prazeres

1 comentário:

kininha_86 disse...

Adorei o livro, é mesmo difícil parar de lê-lo