Ocorreu um erro neste dispositivo

Translate

Follow by Email

04 janeiro, 2007

" A terrível papa verde"

Come a sopa, Marta!
Texto: Marta Torrão
Ilustração: Marta Torrão
Editora: O Bichinho de Conto
Ano de publicação: 2004
ISBN: 972-95593-7-6


Come a sopa, Marta! é um álbum com ilustração de Marta Torrão, que se estreia aqui como autora do texto verbal. Esta obra foi editada no ano de 2004 pela editora “O Bichinho de Conto”, e no ano seguinte a autora recebeu o Prémio Nacional de Ilustração com este livro.
Come a sopa, Marta! conta-nos a história de uma menina chamada Marta, que, como tantos outros meninos, não gostava de comer sopa e que todas as noites ficava a «olhar para toda aquela papa verde», tentando encontrar uma forma de a comer sem ter que a cheirar. A personagem, ao longo de toda a história, vai-se deparando com várias situações caricatas, como, por exemplo, numa altura em adormece tentando comer a sopa, e sonha que lhe saem de lá ovelhas com ervilhas na boca, seguidas de moscas com bocadinhos de cenoura, as quais ela tenta afastar com a colher. Depois um certo dia, Marta é surpreendida com um prato novo, que foi a forma que a mãe encontrou de a deixar muito curiosa, para assim ela comer a sopa toda. A mãe disse-lhe que se comesse tudo conheceria o “Chico”. Curiosa que ficou, Marta foi falar com quem achava que lhe podia dizer quem era o Chico, assim foi perguntar à irmã, ao gato, ao pai, mas ninguém lhe soube dizer. Foi então, devido à sua enorme curiosidade para saber quem era o Chico, que a Marta «engoliu de uma vez toda aquela papa verde (…). Quando abriu os olhos encontrou no fundo do prato… o Chico» (Torrão, 2004:36, 37, 38). Logo de seguida, ela pensou como é que iria comer a sopa no dia seguinte «Agora que já conheço o Chico» (Torrão, 2004:39). Desta forma acaba a história, com duas páginas finais de imagens de fundos de pratos, todos diferentes.
Assim, e em jeito de síntese, podemos dizer que o livro Come a sopa, Marta! reflecte uma situação do dia-a-dia das crianças, e com a qual os pequenos leitores se identificarão e reverão.
Esta obra é um álbum adequado a crianças nas primeiras idades, com a capacidade de estimular o gosto pela leitura nos mais pequenos, desenvolver as suas competências lecto-literárias, bem como o gosto estético.
Para terminar, podemos referenciar que as ilustrações são bastante sugestivas e, de certa forma, despertam elas também a curiosidade sentida pela personagem em conhecer o “Chico”.

Sem comentários: